Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Luciana Gimenez fala sobre afastamento do Carnaval 2014

Em entrevista exclusiva, apresentadora da Rede TV! também fala sobre novos projetos, truques de beleza aos 45 anos e carreira na televisão

Tirando 'férias' da avenida este ano, Luciana revela futura viagem durante Carnaval para não 'sofrer', brinca

Tirando 'férias' da avenida este ano, Luciana revela futura viagem durante Carnaval para não 'sofrer', brinca (Reprodução)

OSASCO (SP) - Era por volta das 22h de uma segunda-feira, quando Luciana Gimenez chegou na sede da Rede TV!, em Osasco, para mais uma noite de apresentação ao vivo do Superpop, programa comandado por ela há mais de 13 anos na emissora. Com o cabelo enrolado em bobs e vestindo uma calça jeans branca e uma blusa de alça preta, que destacavam ainda mais sua silhueta alta e esguia, ela seguiu para o salão de beleza montado na emissora e depois para seu camarim, onde recebeu nossa equipe.

“Lola e Sophia, não sejam mal educadas!”, repreendeu suas companhias inseparáveis, as cachorrinhas da raça maltês, que não paravam de latir, anunciando nossa presença.

Enquanto era arrumada pelo maquiador e cabeleireiro Sérgio Vicenti e pela estilista Ana Paula Lima, ela nos concedeu entrevista, onde falou sobre a carreira, família, beleza após os 45 e de como será o primeiro ano longe do Carnaval, após quase 30 anos desfilando e comemorando a festa no Brasil.

“É muito difícil sair do Carnaval, porque eu adoro e sempre fico aqui. É uma coisa que saio desde os 16 anos, mas esse ano eu tinha algumas propostas de trabalho em Los Angeles e, como confundiu com a data do Oscar, achei que iria fazer uma cobertura. Acabou que não deu certo, e eu resolvi viajar com meu filho adolescente (Lucas, 13 anos, da relação com Mick Jagger). Depois que a gente tem neném (Lorenzo, 3 anos, da relação com Marcelo Carvalho, vice-diretor da Rede TV!), a gente fica muito solícita à criança e eu acho importante manter a proximidade com o meu filho maior. Esse ano as férias dele caíram comigo, então vou viajar com o Luquinha, ele merece. Mas vou para um lugar que não tem o menor Carnaval, assim eu não fico olhando e sofrendo”, conta ela, que planeja retornar à avenida no ano que vem. “Quero voltar, quem sabe até na frente da bateria, mas vamos esperar o Carnaval desse ano passar para pensar no próximo”, pondera.

Carreira

Após integrar a bancada do talk show The View, da rede americana ABC, ano passado, Luciana recebeu novas propostas, mas diz que resolveu esperar. “Tive novos convites sim, e estava até pensando nisso, pois um convite melhor que esse tá difícil, porque a gente sabe que a ABC é a maior e melhor televisão do mundo, mas é muito difícil você com filho na escola, com uma estabilidade, marido, casa, largar um projeto que está dando certo e mudar para um lugar que você não tem certeza. Então, eu resolvi esperar um pouquinho mais e, quem sabe não vem uma oferta melhor? É torcer para dar certo. Também não está ruim aqui, vamos ver o que o futuro traz”.

Em relação aos dois programas que apresenta na emissora, o talk show ‘Luciana By Night’ é o mais novo e segue o formato dos programas de entrevistas da televisão americana, com uma boa pitada de humor, que segundo ela é o seu forte. “Sempre tive essa veia cômica, essa coisa de comédia e piada sempre foi o meu forte e adoro fazer. Eu curto e acho que é diferente, é um programa que parece ser mais fácil (que o Superpop), mas é mais difícil, porque eu prefiro programa ao vivo”, confessa.

Bela e polêmica

Sobre a repercussão de suas fotos pessoais na rede social Instagram, em situações inusitadas ou mesmo expondo a barriga tanquinho aos 45, ela ri de si mesma, e diz que não tem segredo para a boa forma além de esforço. “A mágica é fechar a boca. É um horror, é triste, mas é o famoso ‘não’: dizer não para um biscoito, uma bala e falar sim algumas vezes, aí depois correr atrás do prejuízo. Eu me privo bastante, eu como muito o que eu gosto, provavelmente eu como chocolate todo o dia, mas uma coisa assim pequena. E quando engordo, não como, faço o detox. Todo mundo sabe o que é dieta: não comer bala, pão, doce...Eu como tudo e faço exercício desde os 14 anos, então se é uma coisa que você sempre faz, o corpo já tem memória, não tem mistério”, revela.

De acordo com o maquiador e cabeleireiro Sérgio Vicenti, Luciana não gosta de muitos produtos no cabelo. Ela faz tratamentos de hidratação capilar periodicamente, por conta do excesso de escovas exigidos pelo trabalho, e tem como sua marca o batom vermelho, cuja a cor é exclusiva e criada em máquinas de misturas de tons nos EUA. A apresentadora também adora sapatos e lingeries - há um armário cheio delas em seu camarim. A paixão é tanta que ela assina uma coleção própria, a Extasis by Luciana Gimenez.

Público gay

A respeito de ter muitos fãs gays, Luciana diz que é uma questão de afinidade: “Eu nasci entre os gays, tenho uma afinidade grande. Minha mãe (a atriz Vera Gimenez) sempre teve muitos amigos gays e eu também, eles me perseguem”, brinca. “A gente não escolhe a pessoa por ser ou não ser gay. Eu não julgo nada. Acho que cada um na sua. Então acho que alguns profissionais são incríveis! O gay é um homem que entende a mulher. Acho que o homem que não é gay não entende a mulher, ele atura porque gosta de pegar”, opina. E é com essa dose de humor, franqueza e polêmica que ela termina a entrevista para entrar no ar, deixando um recado aos fãs amazonenses: “Já fui algumas vezes aí, foi muito legal, então espero voltar. Um beijo muito especial para todos vocês”, conclui.