Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

IX Festival de Jazz começa nesta quinta-feira (26), em Manaus

Evento promovido pelo Governo do Amazonas movimenta a agenda cultural da cidade, com duas atrações por noite, a partir das 19h30, no Teatro Amazonas

Em 2014 o evento tem como grande destaque o show do percussionista e multi-instrumentista pernambucano Naná Vasconcelos

Show do percussionista Naná Vasconcelos é destaque (Reprodução/Internet)

O IX Festival Amazonas Jazz (FAJ), evento promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, começa nesta quinta-feira (26) e segue até 1º de julho, tendo como grande destaque para 2014 o show do percussionista e multi-instrumentista pernambucano Naná Vasconcelos.

Plural e eclético, este ano o festival tem como ênfase a sonoridade latina, mas sem deixar de lado a influência norte-americana, os ritmos do Norte do Brasil e até a música escandinava.

Com duas atrações por noite, sempre a partir das 19h30 no Teatro Amazonas, cada espetáculo tem 1h15 de duração em um total de dez shows além de sete oficinas, palestras e debates que compõe a programação acadêmica que começa às 10h no Centro Cultural Palácio Rio Negro (no Centro).

Programação

Mantendo a tradição das edições anteriores, a Amazonas Band, com regência do maestro e diretor artístico do evento, Rui Carvalho, abre o festival na quinta-feira (26) recebendo como convidado o trompetista carioca radicado em Nova Iorque (EUA), Cláudio Roditi e na mesma noite, o colombiano Edmar Castañeda faz uma apresentação que entra para a história do festival como a primeira na qual o solista toca uma harpa.

O segundo dia de apresentações será aberto pelo Cordão de Marambaia, projeto formado por artistas e músicos nascidos ou radicados em Manaus (AM), voltado principalmente para a valorização dos ritmos regionais como o Carimbó, Marabaixo, Tambor de Minas, Xote, Maracatu, Baião, Samba de roda, Ciranda, Capoeira, Lundu, Marambiré e o Sairé.

O jovem e talentoso baterista cubano Dafnis Prieto, a quem o jornal norte-americano The New York Times comparou a força de sua música com “um asteroide atingindo a terra” fecha a noite com a apresentação a partir das 21h.

No sábado (28), o pianista argentino Diego Schissi sobe ao palco do Teatro Amazonas às 19h30 representando uma geração de músicos de seu País formada no jazz de vanguarda e que está fazendo releituras do tango. Em seguida é a vez de Débora e Dani Gurgel Quarteto apresentarem seu mais recente trabalho “Um”, com participações de Thiago Rabello (bateria) e Sidiel Vieira (baixo).