Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Bandas locais fazem tributo a Beatles e Creedence em Manaus

Apresentações das bandas Black Mersey e The Greens homenageiam obra dos grupos britânico e americano. Evento faz parte do projeto Estúdio Fela

As bandas Black Mersey e The Greens serão as responsáveis pela homenagem

As bandas Black Mersey e The Greens serão as responsáveis pela homenagem (Divulgação/Kharla Belsuzam)

Os nomes do bom e velho Rock’n’ Roll serão revisitados no Especial Beatles e Creedence, que irá acontecer na próxima sexta (14), a partir das 22h, no Estação Arte & Fato. O evento faz parte do projeto Estúdio Fela, capitaneado pelo Fela Kuti Espaço Sideral, e traz as bandas Black Mersey – interpretando as imortais canções do The Beatles – e The Greens – em tributo à Creedence Clearwater Revival – no comando da festa. Os ingressos serão vendidos no dia e local das apresentações pelo valor de R$ 15.

Fidelidade é a palavra de ordem da apresentação da banda Black Mersey, que será a primeira a tocar e a conduzir o show das 23h30 até às 00h30. Composta por Marcel Graça (guitarra e voz), Rafael Marques (baixo e voz), Gustavo Machado (guitarra e voz) e Marcelo Linardi (bateria e voz), a banda tenta reproduzir fielmente algumas das principais características dos The Beatles – seja em relação ao figurino, incrementado com modelos baseados nos ternos da banda de rock britânica; ou com a inserção da voz de todos os integrantes nas músicas, conforme o baixista Rafael Marques.

“Cada um de nós interpreta um ‘beatle’ no palco. Por conta disso há a voz de todos os membros nas canções, atendendo aos jogos vocais que o grupo tinha. Mandamos fazer os ternos e as guitarras são dos mesmos modelos que eles usavam na época, como a guitarra da Gretsch, o baixo da marca alemã Hofner (até hoje utilizada por Paul) e a guitarra cuja marca foi usada por John Lennon, a Rickenbacker”, assegura Marques. A BM faz cover dos britânicos há seis anos, e já se apresentou em Boa Vista (RR). O projeto, segundo o baixista, está totalmente focado em interpretar o The Beatles.

De acordo com Rafael, a banda promete um show bem animado, com uma apresentação que durará cerca de uma hora, com 20 a 30 músicas dos grandes homenageados. Um grande destaque é que os principais sucessos do The Beatles irão ser tocados na ordem cronológica em que os álbuns foram lançados.

“Iremos tocar desde as primeiras grandes canções da carreira, entre elas ‘She Love You’ e ‘I Wanna Hold Your Hand’, até as últimas músicas que explodiram às vésperas do fim da banda, como ‘Don’t Let Me Down, Come Together’ e ‘Hey Jude’”, pondera o músico.

CreedenceSob o nome de The Greens há pouco mais de um ano, a antiga SPH Rock and Roll trabalha com o circuito autoral. Porém, não descarta os tributos a grupos que influenciaram diretamente a trajetória da banda, como a Creedence Clearwater Revival, a quem costumam homenagear desde 2006. A formação atual da The Greens conta com Anfremon D’Amazonas (vocal e guitarra), Israel Pinheiro (contrabaixo), Rodrigo Torres (guitarra) e Weedsnay Torres (bateria).

A The Greens, por sua vez, não incorpora a vestimenta dos músicos da Creedence – adeptos de um estilo um pouco mais country, segundo o baixista Israel Pinheiro – mas faz questão de incorporar a sonoridade. Ainda de acordo com Pinheiro, a banda se apóia em um elemento bastante presente no trabalho dos californianos da CCR: o improviso.

“Eles são famosos por improvisarem sempre e fazemos o mesmo. Músicas como ‘Suzie Q’ e ‘Bad Moon Rising’ foram construídas a partir de muito improviso. Nas décadas de 70 e 80 havia muita influência do jazz no rock’n’ roll sulista dos EUA, então eles acabaram herdando isso com esse elemento. E tanto o jazz quanto o blues influenciaram o Creedence e a The Greens”, destaca Pinheiro.

O repertório do show de sexta (14) vem acompanhado de aproximadamente 15 músicas, a serem apresentadas em cerca de uma hora. Confirmados no setlist estão as canções “Proud Mary”, “Molina”, “Green River”, “I Put A Spell On You” e “Midnight Special” – música a ser tocada pela banda com um toque de reggae, aponta Israel.

“Eles surgiram por volta da década de 70. A Creedence, por sua vez, teve outros nomes anteriores (história similar à da The Greens) sob os quais não fizeram sucesso. Resolveram mudar para Creedence Clearwater Revival, porque ‘Credence’ era o nome do atendente da loja em que um deles trabalhava”, finaliza.

Serviço

O quê: “Especial Beatles e Creedence”onde: Estação Arte & Fato (Avenida 10 de Julho, 455, Centro)

Quando: Sexta (14), a partir das 22h

Quanto: R$ 15