Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

'Castelo Rá-Tim-Bum' comemora 20 anos de sucesso e ganha exposição inédita no Brasil

Mostra do Museu da Imagem e do Som em São Paulo permitirá aos fãs conhecer de perto objetos do acervo, personagens e ambientes do programa que encanta até hoje jovens telespectadores

Infanto juvenil exibido pela TV Cultura de 1994 a 1997 marcou gerações de jovens telespectadores no Brasil

Infanto juvenil exibido pela TV Cultura de 1994 a 1997 marcou gerações de jovens telespectadores no Brasil (Divulgação)

Qual fã de “Castelo Rá-Tim-Bum” nunca sonhou em fazer uma visita à extraordinária residência do garoto Nino e ver os fabulosos segredos do lugar com os próprios olhos? Demorou, mas o sonho agora está a um passo da realidade. É que o MIS – Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, inaugura no próximo dia 16 uma exposição inédita, que permitirá aos fãs conhecer de perto objetos do acervo, personagens e ambientes do programa que encanta jovens telespectadores no Brasil, desde sua estreia, em maio de 1994.

Comemorando esses 20 anos de história, “Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição” vai permitir aos visitantes literalmente “entrar” na famosa morada do Dr. Victor. Mais de dez ambientes, como o saguão e a biblioteca, foram recriados pela equipe do MIS, e neles será possível ver bonecos originais da produção, como o Gato Pintado, o monstro Mau, a cobra Celeste e as botas Tap e Flap.

Acervo variado

Ainda nos dois andares do MIS ocupados pela mostra, o público vai conferir peças como objetos de cena, fotografias, maquetes, croquis e figurinos dos personagens – muitas delas recuperadas e restauradas pelo museu paulista – e depoimentos do elenco e da equipe de produção do programa, gravados especialmente para a exibição.

A mostra terá também uma programação paralela nos finais de semana, trazendo espetáculos com alguns dos atores do elenco do “Castelo” – entre eles Rosi Campos, que fazia o papel de Morgana, e Angela Dip, a intrépida jornalista Penélope. Haverá ainda oficinas artísticas oferecidas pelo Núcleo Educativo do MIS, e cursos especiais como “Stop Motion: Ratinho Castelo Rá-Tim-Bum”, que vai apresentar aos participantes a clássica técnica de animação de massinha, de 13 de agosto a 5 de setembro.

“Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição” é um tributo merecido a uma das melhores produções da televisão brasileira, ganhadora de prêmios no Brasil e no exterior (leia mais no box). “É um marco em nossa TV, influenciou gerações com seu conteúdo educativo e formato inovador, somados à qualidade artística sem precedentes na TV pública brasileira”, assinala André Sturm, diretor executivo e curador geral do MIS.

A exposição, ele acrescenta, “é uma oportunidade para o público ver de perto os personagens e o grande acervo do Castelo, numa experiência interativa e sensorial”. “Nossa ideia é que, depois de São Paulo, a mostra seja exibida em outras cidades do Brasil”, antecipa ele. A mostra foi concebida pela equipe do MIS com apoio da TV Cultura/Fundação Padre Anchieta, e ficará em cartaz em São Paulo até 12 de outubro.

Um dia de Nino

Seja em São Paulo ou em outras cidades, a exposição no MIS deverá atrair fãs desde a faixa dos 30 anos de idade, que curtiram as estripulias da turma do Nino ainda na primeira exibição. Gente como o publicitário Carlos Barros, 27, que era fã das brincadeiras e personagens do programa. “O que mais me chamava a atenção era um adulto (Cássio Scapin, o Nino) brincando com as crianças. Eu sentia muita vontade de brincar com eles”, conta ele, que na época tinha 7 anos.

Barros conta que, de segunda a sexta, passava os fins de tarde esperando o programa começar. Muito dos episódios ficou na sua memória desde lá. “Ainda me lembro de algumas músicas-temas de personagens e dos videoclipes”, revela. E, idade à parte, ele não resiste quando pode matar a saudade: “Se estou zapeando canais e vejo que está passando 'Castelo Rá-Tim-Bum', eu paro para assistir. Também assisto aos episódios de vez em quando no Youtube”.

Se “Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição” vai ou não fazer a jornada até a capital amazonense no futuro, ainda não se sabe, mas os fãs a caminho de São Paulo nas próximas semanas não podem perder a oportunidade de – enfim – realizar o sonho de viver seu dia de Nino.

Comemoração traz série de volta ao ar

Também como parte das comemorações pelos 20 anos do “Castelo Rá-Tim-Bum”, a TV Cultura voltou a exibir os episódios da série infanto juvenil na última segunda-feira, dia 30 de junho. Todos os 90 episódios serão reprisados pela emissora paulista, com exibições às segundas, quartas e sextas, às 11h30 e às 19h; e às terças e quintas, às 19h30. A partir do dia 14, segunda, os programas serão reprisados às 11h30 e às 19h30, de segunda a sexta.

Ainda antes da reprise na TV Cultura e da exposição no MIS, um grupo de designers se reuniu numa comunidade do Facebook (www.facebook.com/castelo20anos) para fazer um tributo ao “Castelo Rá-Tim-Bum” na forma de ilustrações únicas, relembrando personagens, bonecos e cenários – como o Ratinho ao lado, na visão da designer Fabiana Caruso.

Exibido pela TV Cultura de 1994 a 1997, o “Castelo Rá-Tim-Bum” foi parcialmente inspirado no também educativo “Rá-Tim-Bum”. O programa é uma criação de do dramaturgo Flávio de Souza e do diretor Cao Hamburger, com roteiros de Dionisio Jacob, Cláudia Dalla Verde, Anna Muylaert, entre outros. Em 1994, a série foi eleita o melhor programa infantil pela APCA, e no mesmo ano e em 1995 ganhou a medalha de prata da categoria no Festival de Nova York. Entre 1999 e 2001, a série foi exibida em toda a América Latina pelo canal a cabo Nickelodeon.

Serviço

O que é: “Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição”

Onde: MIS, avenida Europa, 158, Pinheiros, São Paulo

Quando: De 16 de julho a 12 de outubro

Quanto: Ingressos a R$ 30 (int.) e R$ 15 (meia), em pré-venda por meio do site Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br), a partir de terça, dia 8. Do dia 16 em diante, à venda na bilheteria a R$ 10 (int.) e R$ 5 (meia)

Info: www.mis-sp.org.br