Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Clássicos do cinema ganham novas adaptações para as telonas

‘As tartarugas ninja’, ‘Os Goonies’ e “A profecia” são alguns dos sucessos que ganham sobrevida nas melhores salas de cinema

A volta dos clássicos do cinema

A volta dos clássicos do cinema (Divulgação)

Leonardo, Michelangelo, Donatello e Raphael figuraram durante anos entre os heróis favoritos de jovens e crianças, nas décadas de 1980 e 1990. O quarteto, cujos nomes de seus integrantes são homenagens a artistas renascentistas, embalou as aventuras do desenho animado “As tartarugas ninja”, que, posteriormente, resultou numa série com atores reais, quatro filmes - sendo um deles uma animação em 3D - e inúmeros videogames. Na tentativa de resgatar esse sucesso, a Paramount Pictures lança nos cinemas, no dia 14 de agosto, uma nova adaptação da história dos justiceiros mascarados.

Comandado pelo inconstante Jonathan Liebesman (“Invasão do mundo: Batalha de Los Angeles” e “O massacre da serra elétrica: O início”) e intitulado apenas de “As tartarugas ninja”, o longa acompanha os répteis numa batalha para salvar a Terra do vilão Krang, que planeja escravizar toda a raça humana. Para isso, o quarteto conta com a ajuda da repórter April O’Neil (Megan Fox) e do sensei Mestre Splinter (voz de Tony Shalhoub). Completam o elenco do filme Will Arnett, Alan Ritchson, Noel Fisher, Johnny Knoxville e Whoopi Goldberg.

NOVAS PRODUÇÕES

A exemplo do que fizeram com “As tartarugas ninja”, outros estúdios norte-americanos trataram de desengavetar projetos que revisitam histórias de sucesso das décadas passadas. No início do ano, por exemplo, o diretor Richard Donner anunciou a aguardada sequência do seu “Os Goonies”, clássico de 1985. Além de confirmar a produção, ele disse também que gostaria de contar com a participação dos atores do primeiro filme. Nomes como Sean Astin e Corey Feldman já toparam reprisar seus papéis na continuação, ainda sem data de estreia ou título definidos.

Continuando no extenso currículo de Donner, outro longa do diretor que deverá ganhar nova chance nos cinemas é o cultuado suspense “A profecia” (1976). No final do último mês, a 20th Century Fox revelou estar desenvolvendo um segundo remake do terror - em 2006, um primeiro estrelado por Liev Schreiber e Julia Stiles fez certo estardalhaço nas bilheterias. Na trama original, Robert Thorn é um diplomata que está prestes a ter um filho com sua esposa Katherine. Porém, a criança morre logo após o parto, o que faz com que Robert adote um bebê para colocá-lo no lugar do filho, sem que a mulher soubesse. Seis anos depois, o garoto começa a dar sinais de que seja o Anticristo.

Filme que catapultou Tom Cruise ao estrelato, “Top Gun - Ases indomáveis” (1986) é outro que deverá ressurgir, em breve, na grande tela. Na sequência, ainda em fase de pré-produção, o personagem de Cruise, o piloto Maverick, terá que enfrentar drones (veículos aéreos não tripulados). “O conceito básico do filme é mostrar que os pilotos estão ficando obsoletos por causa dos drones. Cruise vai provar que eles não foram ultrapassados”, revelou o produtor do blockbuster Jerry Bruckheimer, em abril deste, quando foi dado sinal verde à produção.

CRIATURINHAS

Clássico da Sessão da Tarde, “Gremlins” (1984) será agraciado com um remake. Segundo declarou a Warner Bros., os estúdios estariam “avançando rapidamente” com o projeto. O único obstáculo para o novo filme é Steven Spielberg. Produtor executivo do longa original, ele tem de autorizar a refilmagem. No longa, um jovem ganha um animalzinho esquisito que necessita de alguns cuidados: ele não pode entrar em contato com a água, luz forte e, não importa o quanto chore, nunca deve ser alimentado após a meia-noite. Caso essa última regra seja violada, o bicho se transforma num Gremlin, criatura endiabrada que tem uma risada sinistra e diabólica.

Depois de dois filmes com sucesso de bilheteria, a Warner decidiu que é hora de trazer o cãozinho Scooby-Doo de volta às salas de cinema. Decisão compreensiva, visto que as produções, estreladas por Freddie Prinze Jr. e Sarah Michelle Gellar, arrecadaram juntas mais de US$ 450 milhões no mundo inteiro - tornando-se o maior êxito da história da produtora entre as animações com atores reais em frente às câmeras. O comunicado da empresa confirma que o novo longa será animado, sem entrar em maiores detalhes. Charles Roven (“Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge” e “O Homem de Aço”) foi convidado para produzir.

As bruxas estão soltas!

O Tracking Board revelou que Tina Fey vai produzir a sequência de “Abracadabra” (1993) através de sua empresa Little Stranger para a Walt Disney. Não foi revelado se as atrizes Bette Midler, Sarah Jessica Parker e Kathy Najimy retornam.