Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

David Assayag comemora 45 anos de idade ao lado de amigos e fãs

O aniversário do levantador de toadas do bumbá Caprichoso será realizado nesta sexta-feira (24), no Rancho Sertanejo


A partir de meia-noite, o cantor David Assayag será a grande atração a se apresentar na festa do boi azul e branco

Um dos momentos marcantes da carreira do levantador envolve a toada “Sensibilidade” (Clóvis Miranda - 25.03.2012)

A voz de David Assayag realmente “vem do corpo e da alma”, assim como descrito na toada “Sensibilidade”, feita em sua homenagem e que foi o grande sucesso do Festival Folclórico de Parintins de 2012. Em sua festa de aniversário, o levantador do bumbá Caprichoso prestará uma homenagem aos fãs, tanto da torcida azul e branca, como da vermelha e branca, por onde atuou durante muitos anos como também levantador. A festa, a ser realizada nesta sexta-feira (24), a partir das 22h, no Rancho Sertanejo, terá muitos convidados e promete ser inesquecível.

Em seus quase 45 anos de idade e 25 de carreira, Assayag sempre esteve cantando, emocionando, mas, acredite se quiser, no começo ele achava esse negócio de boi-bumbá meio estranho.

“Eu sou parintinense, mas fui criado fora. Voltei quando tinha 16 anos, em 1982 ou 1983, não lembro ao certo. Nessa época, o boi-bumbá estava começando a ter um destaque em nível Amazonas, então, para mim, tudo era novidade. Perdi meu pai muito cedo, por isso fui morar com parentes. Morei em Belém, Rio de Janeiro e São Paulo. Quando cheguei a Parintins, sabia que tinha aquela brincadeira de rua, terreiro, mas era tudo pequeno, reduzido. Hoje os bois são monstruosos! Eu vim de centros maiores e, para ser sincero, não tinha pretensão de cantar toada, cantava o que era sucesso à época, como rock nacional, forró de raiz e lambada”, relembrou.

Início de tudo

O encontro de Assayag com o ritmo cadenciado do boi-bumbá se deu na casa de José Carlos Portilho, considerado um dos maiores compositores do boi da estrela.

“Em Parintins, eu morei na casa, chácara, do Zé Carlos Portilho. Lá faziam as gravações dos bois, na fita mesmo, para depois distribuírem para os brincantes conhecerem as toadas. Aí, eu fui me envolvendo, até com um pouco de resistência, porque achava meio esquisito. Só que em 1988 tive meu primeiro contato com a toada. Recebi o convite para gravar um vinil do Caprichoso com as melhores toadas, depois fui para o Grupo Azul. Com o Zé, fui me envolvendo e comecei a gostar da música. Fizemos uma carreira no Caprichoso até 1994, depois fundamos o grupo Canto da Mata e, na época dos currais, recebi o convite para ser levantador do Garantido. Como o Arlindo Júnior era o levantador do Caprichoso, eu decidi ir para o Garantido para fazer uma carreira”.

Repertório

E essa decisão rendeu ao artista várias conquistas na carreira e ao boi da Baixa de São José, do qual tem muito carinho e respeito. Por este motivo, o levantador decidiu homenagear tanto o Caprichoso quanto o Garantido. Além disso, ele vai relembrar os velhos tempos ao cantar sucessos de Chico Buarque de Hollanda, Djavan, Tom Jobim, Caetano Veloso, entre outros.

Inesquecível

E nesses 25 anos de carreira, o momento que mais emocionou David Assayag, que é deficiente visual, foi sua entrada no Bumbódromo no ano de 2012. Suspenso por um guindaste, ele cantou para todos os presentes “Sensibilidade”, fazendo muitas pessoas se emocionarem com a letra da toada, que, na verdade, se trata de sua história resumida em versos e palavras.

As divas no aniversário

É sempre bom comemorar as datas importantes e ao lado de pessoas que nos amam e admiram é bem melhor. Foi pensando nisso, que David Assayag decidiu transformar seu aniversário em um grande encontro de amigos.

Para dividir o palco do Rancho Sertanejo (av. Professor Nilton Lins, 219, Parque das Laranjeiras), o “Imperador” convidou artistas consagrados do Amazonas, entre eles o grupo As Dessanas, que dará um toque feminino ao evento. “O David é um artista excepcional e tem uma voz inesquecível. Estamos muito felizes em fazer parte desse momento tão especial”, conta a cantora Hêmilly Lira, uma das integrantes e co-fundadora do grupo de boi-bumbá feminino.

O grupo se prepara para essa noite que promete ficar na memória dos amantes do boi-bumbá e da MPB. “Será uma noite repleta de talentos inigualáveis, uma verdadeira reunião das ‘feras’ do boi-bumbá. Somos muito gratas pelo convite de fazer parte e poder homenagear o David”, complementa Susy Máury.