Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Orquestra de Câmara do AM percorre o Brasil a convite do projeto 'Música na Estrada'

É a segunda vez que o corpo artístico amazonense participa da iniciativa da Kommitment Produções Artísticas. Os concertos serão realizados de 23 de agosto a 8 de novembro

Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA) percorre o Brasil

Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA) percorre o Brasil (Reprodução)

Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Porto Velho, Cuiabá, Palmas e Boa Vista. Esse é o itinerário que a Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA) vai percorrer de 23 de agosto a 8 de novembro, a convite do projeto “Música na Estrada”, da Kommitment Produções Artísticas. É a segunda vez que o corpo artístico amazonense participa da iniciativa, que contribui tanto para a formação de plateia quanto para o aprimoramento dos músicos envolvidos na circulação.

“Também participamos em 2012 e foi muito bacana, deu um resultado importante tanto para eles quanto para nós. Ano passado nos convidaram novamente, mas nossa agenda não permitiu, então deixamos nossa ‘vaga’ reservada para 2014”, comenta o maestro Marcelo de Jesus, regente da orquestra, que completa 12 anos de criação no mês de agosto. “Não deixa de ser um reconhecimento ao nosso trabalho. É importante inclusive para o Estado e a Secretaria de Cultura, porque estamos levando não só o nome do Amazonas, mas também o know-how”, completa.

Além de um concerto estrelado pela Orquestra de Câmara, cada cidade incluída no roteiro também vai receber oficinas de violino, violoncelo/contrabaixo, trompete, trombone, clarinete, flauta e regência para alunos previamente inscritos e selecionados. A partir desses encontros, instrumentistas locais serão escolhidos para se apresentarem ao lado da OCA, formada atualmente por 22 instrumentistas.

As masterclasses serão ministradas por professores que, além de fazerem parte da orquestra, também ensinam no Liceu Cláudio Santoro e na Universidade do Estado do Amazonas. Segundo De Jesus, essa é uma das novidades desta quarta edição do “Música na Estrada”.

REPERTÓRIO

Segundo De Jesus, outras novidades desta quarta edição do “Música na Estrada” poderão ser vistas durante os concertos. “Como Manaus tem uma veia operística, esse ano também vamos levar a soprano Dhijana Nobre, que vai cantar as ‘Bachianas Brasileiras’, do Villa-Lobos, além de um medley de músicas populares como ‘Aquarela do Brasil’. Os arranjos estão sendo feitos pelo Gabriel Lima, violista que também trabalhou nos arranjos do rOCka”, adianta.

O repertório escolhido pela OCA para a circulação contará ainda com uma versão do maestro para a “Serenata”, de Mozart, uma trilogia com composições de John Williams que inclui músicas dos filmes “ET” e “Star Wars”, além de uma versão de “We are the world”.

“O público também vai interagir com a orquestra durante a ‘Sinfonia dos brinquedos’, de Leopold Mozart. Vamos distribuir alguns pequenos instrumentos entre as crianças da plateia para que elas participem da apresentação”, completa o regente.