Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Relembre cantores e bandas que tiveram uma única música entre as mais pedidas

Um especial, voltado para os sucessos do rock/pop nacional, será realizado em Manaus com a presença do cantor Vinny, que estourou na década de 1990, Confira

All Night terá Vinny no próximo dia 15 na capital amazonense

All Night terá Vinny no próximo dia 15 na capital amazonense (Reprodução)

O All Night Pub (Av. Ephigênio Salles, nº 2085) entrará em clima de nostalgia no próximo dia 15 com a nova edição do “We love Brazil”. O especial, voltado para os sucessos do rock/pop nacional, terá como grande atração o cantor Vinny, que estourou na década de 1990 com o hit “Heloísa, mexe a cadeira”. A música, segundo o próprio artista na época, tornou-se praticamente o seu sobrenome e automaticamente o qualificou como sendo uma das promessas da nova safra de músicos do País. Ele, no entanto, não correspondeu às expectativas e, com os anos, acabou caindo no esquecimento.

Vinny é apenas um dos cantores que podemos classificar como one-hit wonders, expressão que se refere a artistas e bandas que se consagraram com um único grande sucesso. No Brasil, outro nome que bem ilustra o termo é a cantora Luka, dona do hino “Tô nem aí”. A canção caiu na boca do povo quando a ex-BBB Elane começou a cantá-la durante a sua participação no reality show. A partir daí, a música entrou para a trilha-sonora do seriado “Malhação” e acabou eleita a Melhor do Ano 2013 pelo “Domingão do Faustão”. No exterior, “Tô nem aí” também fez bonito e figurou nas paradas de sucesso da Alemanha, Áustria, Itália e Suíça.

XIBOM BOMBOM

Formado em 1997, o grupo As Meninas teve de se apresentar durante dois anos em barzinhos e pequenos festivais até que conhecesse o sucesso, que veio com a música “Xibom bombom”. A canção, que dá nome ao segundo disco da banda, alcançou o primeiro lugar nas rádios brasileiras e recebeu diversos covers de artistas como Márcia Freire, Cheiro de Amor, Ivete Sangalo e Margareth Menezes - de quebra, o álbum foi Disco de Ouro no País, vendendo mais de 400 mil cópias. Depois disso, o grupo ainda ensaiou alguns outros hits (“Samba da Mega Maluca” e “Tapa aqui, descobre ali”) até que, no final de 2002, a vocalista Carla Cristina abandonou o projeto e arriscou carreira solo, sem muito sucesso.

INTERNACIONAIS

Assim como no Brasil, os Estados Unidos também são repletos de artistas one-hit wonders. Entre eles, podemos citar as bandas de rock The Calling e Hoobastank, que fizeram a cabeça dos jovens com as músicas “Wherever you will go” e “The reason”, respectivamente. A primeira estourou nas rádios em 2001, depois que o grupo, liderado pelo vocalista Alex Band, fez uma participação no longa “Show bar”. A ponta fez com que a banda finalmente saísse da geladeira da gravadora RCA e lançasse o álbum “Camino Palmero”, que trazia a faixa como carro-chefe. Na época, The Calling chegou a ter show confirmado na capital amazonense, no Studio 5 Festival Mall. Porém, poucos dias após o anúncio, a apresentação foi cancelada.

Já Hoobastank, com uma pegada mais romântica, consagrou-se em 2004 quando “The reason” foi lançada como single do segundo disco da banda. A faixa se tornou um sucesso estrondoso e atingiu o 2º lugar da disputada lista Billboard Hot 100, depois passando a compor a trilha-sonora de séries como “Friends” e “Smallville”. No Brasil, a música figurou no CD internacional da novela “Começar de novo”. Além de The Calling e Hoobastank, outros artistas e bandas que ficaram marcadas por um único grande sucesso na carreira são: Aqua (“Barbie girl”), The Cardigans (“Lovefool”), Natalie Imbruglia (“Torn”), Vanessa Carlton (“Thousand miles”), Duffy (“Mercy”), Rebecca Black (“Friday”), Corona (“Rhythm of the night), New Radicals (“You get what you give”), Daniel Powter (“Bad day”) e Divinyls (“I touch myself”), entre outros.