Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Tradicional Kamélia chega neste sábado (18), em Manaus

A chegada do principal símbolo do carnaval baré no ano de 2014 incita homenagens e glamour, conforme organizadores

A boneca vem da cidade de São Luís, no Maranhão. No ano passado, Arthur Neto recepcionou Kamélia pela primeira vez em seu atual mandato

A boneca vem da cidade de São Luís, no Maranhão. No ano passado, Arthur Neto recepcionou Kamélia pela primeira vez em seu atual mandato (Divulgação e Arquivo AC)

Os foliões de plantão já podem preparar os confetes: a tradicional Kamélia aporta neste sábado (18) no Aeroporto Eduardo Gomes, às exatas 21h33, para a abertura oficial do carnaval de Manaus. Com 75 anos de tradição, o símbolo principal dos ritos carnavalescos na cidade seguirá acompanhada por um trio elétrico pelas Avenidas Torquato Tapajós e Constantino Nery até o seu destino final, o Butiquim da Kamélia, localizado no pavilhão São Jorge, Olímpico Clube, bairro Centro.

Sob o tom dos sambas e marchinhas, Kamélia receberá as chaves da cidade do atual prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, para mais uma temporada de festas momescas. A chegada da boneca este ano, porém, possui um sentido mais amplo: no próprio Butiquim haverá a fixação da placa contendo a lei 1.722 - criada por Arlindo Jr. e sancionada pelo prefeito Arthur. A lei institui de fato e direito a chegada da Kamélia como a abertura oficial do carnaval manauara, segundo Almerinho Botelho, responsável pelo translado da boneca até Manaus.

“Queremos que a chegada da Kamélia este ano seja mais glamourosa, até por conta da sanção desta lei. Vamos fazer uma homenagem para o prefeito na quadra da escola de samba do Olímpico, onde funciona o Butiquim. Lá iremos fixar esta placa, que contém as informações referentes à esta lei. Lá, Arthur deve cerrá-la”, adianta Botelho. Quem embala a festa no Olímpico Clube é a banda Demônios da Tasmânia e a Bateria da Escola de Samba da Kamélia.

Vanguarda

A boneca de 3 metros é o único símbolo vivo do carnaval em Manaus, segundo Botelho. “O carnaval da Kamélia é uma resistência ao carnaval tradicional. Hoje não há mais aquelas festas tradicionais como a ‘Segunda-feira Gorda do Rio Negro, o ‘Sábado Gordo do Ideal Clube’ e a ‘Festa de Carnaval do Nacional’, realizadas antigamente nos clubes, que concentravam os eventos da cidade. Mas é por isso que a Kamélia também luta: pelo resgate da vida clubística em Manaus, responsável por momentos de ascensão da cidade”, ressalta.

Ainda segundo ele, a G.R.E.S. Império da Kamélia irá celebrar na avenida em 2014 o tema “A Kamélia brinca com as festas do meu Amazonas”. “A agremiação vai contar a história das principais grandes festas profanas e religiosas que acontecem em todas as cidades amazonenses. Desde a festa do tucunaré e boi-bumbá até às de Borba”. Manaustrans, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros farão a segurança da caravana até o Olímpico Clube.