Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Até 2014, serão lançados 25 filmes brasileiros

Com apoio da RioFilme, as produções nacionais serão lançadas entre 2012 e 2014. Confira a lista

Imagem do filme Família Vende Tudo

Imagem do filme nacional Família Vende Tudo

O anúncio foi feito nesta terça (25) pelo presidente da RioFilme, Sérgio Sá Leitão, ao destacar a criação do programa Fomento ao Audiovisual Carioca (FAC) e que o ano de 2012 terá um “investimento recorde”

Para os próximos três anos, a RioFilme, empresa distribuidora de filmes S.A. da Prefeitura do Rio de Janeiro dará apoio para o lançamento de 25 filmes brasileiros, tais como “As Aventuras de Agamenon, o Repórter” (da Tambellini Filmes), "Heleno" (da Goritzia Filmes), “De Pernas para o Ar 2” (da Morena Filmes) e "Rio, Eu Te Amo" (da Conspiração Filmes).

O anúncio foi feito nesta terça (25) pelo presidente da RioFilme, Sérgio Sá Leitão, ao destacar a criação do programa Fomento ao Audiovisual Carioca (FAC) e que o ano de 2012 terá um “investimento recorde” na história da distribuidora - um total de R$31 milhões em 70 projetos de empresas cariocas de audiovisual (entre filmes, festivais e ações de democratização de acesso ao audiovisual como o cinema nas praças e nas favelas), incluindo os R$10 milhões de investimentos no FAC.

Precisamos ajudar o cinema brasileiro a vencer a batalha do market share. Precisamos ser competitivos em todos os nichos, gêneros e públicos e, assim, consolidar o Rio de Janeiro como principal pólo de audiovisual do país e contribuir para o desenvolvimento da indústria do audiovisual da cidade”, defendeu Sá Leitão ao destacar que o audiovisual é uma das vocações econômicas do Rio. No plano de investimentos de 2009 a 2011, a RioFilme investiu R$60 milhões em 170 projetos, fazendo do Rio a capital brasileira que mais investiu no cinema. Foram realizados investimentos reembolsáveis em 41 filmes, dos quais 16 já foram lançados e atingiram 89% de retorno. “Ou seja, para cada R$1 que a RioFilme colocou, já obtivemos 89 centavos de volta que serão reinvestidos em próximos filmes”, salientou. O público dos filmes investidos saltou de 18.6 mil em 2008 para 5.6 milhões em 2011.

R$ 10 milhões para fomento ao audivisual
Os projetos do FAC ainda serão selecionados a partir de dezembro deste ano e serão anunciados em abril de 2012, com a publicação dos resultados dos editais, mas está previsto o investimento, a fundo perdido, de R$10 milhões na produção de filmes e conteúdo de TV. Pelo menos, R$1.5 milhão será destinado a projetos de longas (até R$150 mil por projeto), outros R$5 milhões para a produção e finalização de longas (até R$ 500 mil por projeto),  além de R$1.2 milhão para a produção de curtas (até R$80 mil por projeto); e R$1 milhão para projetos de TV. Será feita uma consulta sobre os regulamentos, neste próximo mês de novembro, em que as entidades do setor audiovisual poderão opinar sobre o teor dos regulamentos que serão publicados no próximo dia 2 de dezembro.

“A grande novidade é a linha de investimentos não reembolsáveis em filmes. O programa de Fomento ao Audiovisual Carioca será um instrumento adequado às necessidades do setor”, afirmou Sá Leitão. Para o presidente da distribuidora carioca, 2012 é “o ano de consolidação do processo de revitalização” da RioFilme, iniciado em 2009. Este volume de R$ 31 milhões poderá aumentar ao longo do ano e destinará recursos também aos chamados investimentos reembolsáveis, que é uma contrapartida da RioFilme calculada em cima do potencial de receitas, vendas de bilheteria e merchandising. “O cinema no Rio terá uma fonte de recursos que não fica ao sabor de condições adversas. A RioFilme continuará a investir e agora criamos uma fórmula para assegurar a perenização dos investimentos”, afirmou.

A lista de produções que terão apoio da RioFilme em 3 anos:
"As Aventuras de Agamenon, o Repórter" (Produção: Tambellini Filmes | Coprodução: RioFilme;  Distribuição: Downtown Filmes / Paris Filmes / RioFilme)
 
"Paraísos Artificiais" (Produção: Zazen | Coprodução: RioFilme | Distribuição: Nossa Distribuidora / RioFilme)

"Heleno" (Produção: Goritzia Filmes / RT Features | Distribuição: Downtown Filmes / RioFilme)
 
"Tainá - A Origem" (Produção: Sincrocine Produções | Distribuição: Downtown Filmes / RioFilme)

"A Hora e a Vez de Augusto Matraga" (Produção: Pródigo Films | Distribuição: RioFilme / Nossa Distribuidora)
 
"Espiral" (Produção e Distribuição: Pax Filmes | Coprodução: RioFilme)
 
"Corações Sujos" (Produção: Mixer | Coprodução: RioFilme; Distribuição: Downtown Filmes)
 
"Totalmente Inocentes" (Produção: Atitude Produções / Migdal Filmes; Coprodução e codistribuição: Paris Filmes / RioFilme)
 
"A Montanha" (Produção: Três Mundos / Primo Filmes | Coprodução: RioFilme; Distribuição: Europa Filmes / RioFilme)
 
"Meu Tempo É Agora" (Produção: Academia de Filmes | Coprodução: RioFilme; Distribuição: Imagem Filmes / RioFilme)
 
"Onde a Coruja Dorme" (Produção: TVZero / Antenna | Distribuição: RioFilme)
 
"31 Minutos - O Filme" (Produção: Total Filmes / Aplaplac | Distribuição: RioFilme)
 
"Serra Pelada" (Produção: TVZero | Distribuição: RioFilme)
 
"Sequestro Relâmpago" (Produção: Panorama Filmes do Brasil | Distribuição: RioFilme)
 
"Bonitinha, Mas Ordinária" (Produção: Diler & Associados / California Filmes / RioFilme; Distribuição: Califórnia Filmes)
 
"Febre Do Rato" (Produção: República Pureza Filmes / Bela Vista Rio Cinema / Parabólica Brasil / RioFilme; Distribuição: Imovision)
 
"De Pernas Pro Ar 2" (Produção: Morena Filmes | Coprodução: RioFilme; Distribuição: Downtown Filmes / Paris Filmes / RioFilme)
 
"A Esperança é a Última que Morre" (Produção: MPC & Associados | Coprodução: RioFilme; Distribuição: RioFilme / Downtown Filmes)
 
 "E aí, Comeu?" (Produção: Casé Filmes | Coprodução: RioFilme; Distribuição: Downtown Filmes / Paris Filmes / RioFilme)
 
"Peixonauta - O Filme" (Produção: TV PinGuim / Gullane Filmes | Coprodução e distribuição: RioFilme)
 
"Meu Amigãozão - O Filme" (Produção: 2DLab | Coprodução e distribuição: RioFilme)
 
"Rio 77/78" (Produção: Focus Films | Coprodução e distribuição: RioFilme)
 
"No Retrovisor" (Produção: Casé Filmes; Distribuição: Paris Filmes / RioFilme)
 
"Vermelho Brasil" (Produção: Conspiração Filmes / Pampa Productions / CD Films; Coprodução e distribuição: RioFilme)
 
"Rio, Eu Te Amo" (Produção: Conspiração Filmes / Bossa Nova / Oz; Distribuição: RioFilme)